O projeto educativo do Valsassina aposta na educação ambiental e no desenvolvimento de uma consciência ecológica através da experimentação, visando a aquisição de valores e a promoção de atitudes e comportamento sustentáveis.

Procuramos promover o desenvolvimento global dos nossos alunos em todas as suas múltiplas dimensões (cognitivas, afectivas, intuitivas, sensoriais, éticas e estéticas), bem como a experimentação e o uso de múltiplos saberes de forma a permitir compreender a complexidade do mundo e agir com inteligência, ética e afeto. É com base nestes princípios que está orientado todo o trabalho desenvolvido no Valsassina em defesa do ambiente que nos rodeia e do desenvolvimento sustentável, contribuindo para uma educação activa para a cidadania.

Desde 2003 que o trabalho desenvolvido na área da Educação Ambiental está centralizado no Projeto ecoValsassina, enquadrado no Programa Eco-Escolas, um programa internacional orientado para a implementação da Agenda 21, através da aplicação de conceitos e ideias de educação e gestão ambiental à vida quotidiana da escola. As ações concretas desenvolvidas pelos alunos no colégio são alargadas a toda a comunidade educativa e integram a participação em processos de decisão, a sua organização e execução.

Para o desenvolvimento de uma verdadeira consciência ecológica, é necessário que a educação promova o desenvolvimento global do ser humano em todas as suas múltiplas dimensões (cognitivas, afetivas, intuitivas, sensoriais, éticas e estéticas) e faça uso de múltiplos saberes de forma a permitir compreender a complexidade do mundo e agir com inteligência, ética e afeto. É com base nestes grandes princípios que o ecoValsassina se orienta. Designadamente, através do trabalho desenvolvido procuramos dar resposta ao 7º objetivo de desenvolvimento do Milénio

As ações concretas desenvolvidas pelos alunos e por toda a comunidade educativa proporcionar-lhes-ão a tomada de consciência que simples atitudes individuais podem, no seu conjunto, melhorar o Ambiente global.

 


Projecto EcoValsassina - Orientações gerais e metas - Pensar a Terra, Agir no Valsassina (PDF)


10 anos de Eco-Escola (Ler +)


Relatório 2016-2017 (PDF)


A avaliação é umas das fases mais complexas e importantes de um projeto de cidadania ambiental. Esta deve ser efetuada em termos de balanço do processo, apreciação do produto e propostas futuras de reformulação.

O desenvolvimento do projeto ecoValsassina tem como base uma avaliação contínua e transversal a todos os agentes envolvidos.

Estão definidos vários momentos de avaliação:

  • Avaliação inicial, avaliação com carácter de diagnóstico através de uma auditoria realizada ao longo do 1º período. Os dados são recolhidos através de observação direta e de questionários;
  • Avaliação intermédia em Fevereiro;
  • Avaliação final em Junho.

Em complemento é fundamental assegurar uma monitorização permanente. Esta é uma componente importante no processo de sensibilização ambiental dos alunos e é uma das tarefas do conselho Eco-Escola.

Entre os indicadores utilizados destacamos: consumo de água, consumo de eletricidade e de gás; quantidade de resíduos recolhidos e encaminhados para sua valorização.

Auditoria ambiental Eco-Escolas (Excel)

Monitorização ambiental 
março 2017
junho 2017

Conselho Eco-Escolas


 

O Conselho Eco-Escola é a força motriz do projeto ecoValsassina e deve assegurar a execução dos outros elementos da metodologia Eco-Escolas.

O Conselho Eco-Escola tem os seguintes objectivos:

  • assegurar que os outros seis elementos são adoptados planeando a sua implementação;
  • assegurar a participação activa dos alunos no processo de decisão do Programa;
  • assegurar que as opiniões de toda a comunidade escolar são tidas em consideração e, sempre que possível, postas em prática;
  • estabelecer a ligação com a estrutura de gestão da escola e com a comunidade local;
  • assegurar a continuidade e qualidade do Programa.

Tem sido possível contar com a presença neste conselho de alunos (do 1º ciclo ao ensino secundário, com representantes de todos os níveis de ensino, além da Ass. de Estudantes); professores (de uma forma transversal a todos os ciclos e a várias áreas disciplinares); parceiros locais e ONG’s.

Estas reuniões são o palco ideal para o exercício da cidadania e os diferentes intervenientes são desta forma envolvidos no processo de tomada de decisão.

Ano letivo 2016/2017
Ata 1 (PDF)
Ata 2 (PDF
Ata 3 (PDF)

Ano letivo 2013/2014
Ata 1 (PDF)
Ata 2 (PDF)
Ata 3 (PDF)
Ata 27/02/2014 (PDF)

Ano letivo 2012/2013
Ata 1 (PDF)
Ata 2 (PDF)
Ata 3 (PDF)

Ano letivo 2011/2012
Ata 1 (PDF)
Ata 2 (PDF)
Ata 3 (PDF)

 

Eco-Código


Uma escola sustentável constituirá um exemplo vivo do funcionamento em equilíbrio com o ambiente natural e social, onde a harmonia se difunde no tempo (pretendendo que os alunos que vão saindo para o ensino superior se assumam como embaixadores dessa vivência nos seus futuros destinos) e no espaço/comunidade local.

Neste contexto merece destaque o Eco-Código. Este é uma declaração de objetivos traduzidos por ações concretas que todos os membros da escola devem seguir. Cada afirmação deve descrever uma ação concreta a cumprir por todos os elementos da comunidade escolar: alunos, professores e funcionários.


"... é essencial ministrar o ensino, em matéria de ambiente, à juventude assim como aos adultos [...] com o fim de criar as bases que permitam esclarecer a opinião pública e dar aos indivíduos, às empresas e às colectividades um sentido das suas responsabilidades no que respeita à protecção melhoria do ambiente em toda a sua dimensão humana...".

Declaração do Ambiente, ONU, 1972

O Projecto Eco-Valsassina/Programa Eco-Escolas insere-se num dos aspectos básicos da identidade do Colégio Valsassina que constam do seu projecto educativo do qual transcrevemos a seguinte passagem:

"O Colégio Valsassina assume a sua condição de ESPAÇO/QUINTA que permite um desenvolvimento equilibrado e harmonioso da pessoa humana assim como a componente na defesa da natureza e do meio ambiente"

Para além deste aspecto essencial, pretende-se aumentar e ampliar a consciência natural e ambiental dentro do quadro genérico da educação e formação, de modo a promover uma cidadania mais consciente e mais participativa em torno das questões ambientais

Para a UNESCO, um dos valores nucleares do desenvolvimento sustentável é o da «responsabilidade universal», ou seja, o sentido de responsabilidade pelo papel que se desempenha e pelo impacte que se pode ter, quer a nível global, quer a nível local.

Assim, a constituição de equipas (as «Eco-Equipas») responsáveis pelo bom estado de limpeza e arrumação das salas de aula e recreios é uma forma de contribuir para a aquisição de uma cidadania responsável e, em simultâneo assumir a nossa responsabilidade colectiva por um espaço que é de todos.


Objectivos

São objectivos das Eco-Equipas:

  1. Promover um desenvolvimento sustentável baseado em atitudes conscientes em relação ao meio que nos envolve, contribuindo assim para a aplicação dos princípios-chave da sustentabilidade a nível local (cap. 28; Agenda 21);
  2. Aumentar e ampliar a consciência natural e ambiental dentro do quadro genérico da educação e formação, de modo a promover uma cidadania mais consciente e mais participativa em torno das questões ambientais;
  3. Contribuir para a implementação da Educação Ambiental, enquanto área transversal, na política da Escola;
  4. Sensibilizar a comunidade educativa para a adopção de estratégias promotoras de um desenvolvimento sustentável, contribuindo para a consciencialização ecológica e ética, no sentido de se alcançarem atitudes e valores, aptidões e comportamentos compatíveis com o desenvolvimento sustentável (cap. 36; Agenda 21)

Procedimentos

  • Cada turma assumirá, ao longo do dia, a responsabilidade pela sala onde está a ter aula. Pretende-se assegurar que no final de cada aula todas as salas se encontrem limpas e arrumadas.
  • O professor deve ser o último elemento a sair da sala de aula, assumindo um papel na supervisão de todo este processo.
  • Semanalmente, dois alunos da turma serão responsáveis por verificar o estado de limpeza e arrumação da sala de aula solicitando, se necessário, aos colegas que adoptem as atitudes correctas. Todos os alunos da turma são responsáveis em garantir a limpeza e arrumação da sala de aula.
    • Deixar a sala limpa:
      • Sem lixo no chão e nas carteiras
      • Respeita as cores dos ecopontos
      • Cadeiras e mesas arrumadas
      • Verificar o estado do material escolar
    • Desligar a luz
    • Aconselha-se a deixar as janelas abertas.
  • Com a sala em ordem, o professor poderá dar ordem de saída aos alunos da turma.
  • A selecção dos alunos responsáveis será feita por ordem da pauta (dois alunos por semana). Compete aos professores coordenadores de turma informar qual a “escala de serviço”.
  • Os delegados e sub-delegados de turma serão responsáveis por assegurar o cumprimento das tarefas atribuídas a cada aluno da turma. Estes farão ainda a ligação com o professor coordenador da turma e deverão representar a turma no Conselho Eco-Escola.